APRENDA A SENTIR-SE BEM
 
Voce quer sentir-se bem? Então esqueça o autocontrole absoluto. Esqueça o relaxamento completo. Esqueça a esperança de ficar totalmente em forma. Poucos, dentre nós, são capazes desses estados ideais, mas todos temos a capacidade de nos sentirmos bem, de vivermos com alegria num mundo cheio de tensões sem ser-mos por elas esmagados. Basta assumirmos as rédeas de nossas vidas e entregar-mo-nos a um programa de cuidados com a nossa pessoa. Isso não significa que a vida deva ser pautada por uma constante abnegação. Ao contrário, a melhor receita que conheço para gozar de boa saude é aproveitar a vida o mais possivel. Para sentir-se bem, voce precisa conhecer e dar a devida atenção aos seus sentimentos e desejos. Naturalmente, não deve descuidar-se da dieta e do preparo físico; ambos fazem parte do sentir-se bem. Mas tão im-portante como eles é a saude mental e emocional,a chave para o bem-estar total. Lembre-se, não leia apenas, ponha em prática os conselhos a seguir: 1- QUEBRE UM TABU: Voce alguma vez já teve vontade de virar a noite lendo um livro na cama, mas acabou desligando a luz à hora de sempre? Ou de comer um bom bife à hora do café e acabou tomando média com torradinhas? Todos nós vivemos debaixo de restrições que, se tinham algum sentido quando éramos crianças, deixaram de tê-lo em nossas vidas de adultos. Voce pode livrar-se de hábitos inibidores fazendo uma lista de algumas coi-sas que nunca fez, mas gostaria de fazer. Podem ser coisas sem importância, como as que mencionamos acima, ou então mais ousadas, como falar com estranhos, ou ainda algo que voce sempre evitou fazer porque os homens ou as mulheres simples-mente não o fazem. Hoje ou amanhã, quebre deliberadamente alguns tabus. 2- ACORDE SEUS SENTIDOS: Quantas vezes voce toca em alguma coisa...sem sen-tir? Respira... sem cheirar? Olha... sem ver? Escuta... sem ouvir? A maior parte do tempo, seus sentidos estão adormecidos.Voce os desliga para que eles não o distraiam de suas atividades. Comece a acordar seu corpo para os prazeres que ele encerra. Corte uma fruta ou uma verdura em fatias. Tem gosto de que? Olhe com atenção para algo com que esteja bastante familiarizado; uma porta, uma folha, as costas de sua mão. Quantas coisas existem nelas em que voce jamais reparou? Feche os olhos e conte quantos sons diferentes voce pode ouvir em tres minutos. Tire do armário da co-zinha uma meia dúzia de pacotes de ervas aromáticas. Feche os olhos e cheire um de cada vez. Quanto tempo voce leva para distingui-los sem ler os rótulos? Mas-sageie suavemente as têmporas. Qual é o ponto em que a sensação de relaxamento é mais intensa? Estas são apenas algumas das experiências que farão vibrar seus sentidos... se voce deixar. 3- USE SEU DINHEIRO: Não é necessário ser milionário para se sentir um rei. Quantas vezes voce deixou de comprar aquela bobagem (que outra pessoa iria ado-rar) só porque custava uma ninharia? Ou achou que não valia a pena gastar um dinheirinho com voce mesmo numa coisa que gostaria de ter mas a rigor não pre-cisava? Tente ver todo o prazer que se pode extrair de alguns tostões. Convide alguém para tomar um cafezinho. Compre uma flor e ofereça-a a alguém. Dê um pe-queno presente a voce mesmo. 4- APROVEITE SEUS TESOUROS: Os tesouros não tem mesmo o menor valor a não ser quando são usados! Desencave do fundo da gavetas todos aqueles tesouros que voce está guardan-do. Use a sua melhor louça para o jantar. Sirva o leite em copos de cristal. Ponha velas na mesa. Use as toalhas de renda. Tire para fora todas aquelas pre-ciosidades de família que estão encafuadas no armário. Vista suas melhores rou-pas, mesmo que a ocasião não seja exatamente o maior acontecimento social do ano. E abra o champanha! 5- CONFIE NA SUA INTUIÇÃO: Se, depois de tomar algumas decisões ou atitude, voce sentir que algo não vai bem, escute sua intuição.Voce talvez tenha de vol-tar atrás na decisão, ou devolver alguma coisa a uma loja, ou pedir desculpas a alguém - isso só o fará sentir-se muito melhor. 6- SOLTE-SE: A vida tem muitos momentos especiais - ocasiões em que as emo-ções chegam a seu apogeu. Não as abafe. Deixe-as surgir com toda a liberdade. Atravesse a rua aos pulos em vez de a passo normal. Abrace um amigo a quem nunca deu um abraço. Grite na torcida de um jogo de futebol, mesmo que voce seja o único a aplaudir o time visitante. Cante com a banda ao vê-la passar. Recupere essa deliciosa qualidade das crianças; a capacidade de vibrar com qualquer emoção.