DIVINDADE EGÍPCIA DE PROTEÇÃO
 
Em 2769 a. C., o sábio Imhotep criou um calendário com 365 dias, dividido em doze meses sob a proteção de 12 divindades. O ano egípcio começava no dia 16 de julho, quando a estrela Sírius surgia no horizonte de Mênfis. Para saber qual a divindade que o protege, veja abaixo a tabela relacionada com o dia do seu nascimento. 16 de julho a 15 de agosto - Rá 16 de agosto a 15 de setembro - Neit 16 de setembro a 15 de outubro - Maat 16 de outubro a 15 de novembro - Osíris 16 de novembro a 15 de dezembro - Hátor 16 de dezembro a 15 de janeiro - Anúbis 16 de janeiro a 15 de fevereiro - Bastet 16 de fevereiro a 15 de março - Taueret 16 de março a 15 de abril - Sekhmet 16 de abril a 15 de maio - Ptah 16 de maio a 15 de junho - Tot 16 de junho a 15 de julho - Isis Rá: considerada como a própria fênix, seria o pai de todos os outros deuses. Conta a lenda que um dia, seu olho - que vivia de maneira independente - fugiu ao seu controle. Ele ordenou que o trouxesse de volta, porém, ocorreu uma luta. Muitas lágrimas foram derramadas, nascendo os seres humanos. A partir de então, Rá colocou o olho na frente da sua coroa sob a forma de serpente, para comandar o mundo inteiro. Características: quem nasce sob esta proteção tem força, poder e muita criatividade. É um ótimo líder, extrovertido e cheio de energia. Gosta de enfrentar situações difíceis e sempre consegue superá-las. Assim como o sol, sabe centralizar o poder e tudo parecer girar a sua volta. Quando contrariado, pode ficar depressivo, mas depois, volta a brilhar como o astro-rei. Neit: deusa da caça, é representada como uma loba, vigilante e sempre fiel. É responsável pela proteção dos deuses e de suas moradas. É também chamada de “a senhora que abre os caminhos”, já que sua tarefa é guiar as pessoas ao reino dos mortos. Em outras lendas, é a protetora da educação das crianças, dos tecelões e dos trabalhos domésticos. É simbolizada como uma mulher com uma cabeça de chacal ou de cachorro. O prestigio da deusa era tão grande que até mesmo os faraós a reverenciavam como sua própria mãe. Reconhecida por sua sabedoria, foi venerada por séculos. Características: seu protegido tem grande capacidade de análise, senso de organização e paciência. A pessoa nascida neste período é cuidadosa, prática e presta atenção aos detalhes. Está sempre muito atento ao que acontece a sua volta e consegue alcançar tudo aquilo que deseja, pois a fonte de felicidade é sinônimo de serenidade e segurança. A palavra-chave é equilíbrio. Ele sabe dar valor a casa coisa conquistada. Maat: filha do deus Rá, ocupa um lugar muito importante no panteão egípcio, pois se transmutou na pena usada para pesar o coração daqueles que ingressaram no reino do além. É considerada a deusa do equilíbrio, dos benefícios e da justiça. Também simboliza a criação divina e a força da união, sem a qual os habitantes não poderiam nem existir. Características: o protegido desta deusa é dotado de extrema capacidade de observação, sabedoria e consegue gerar harmonia a sua volta. Tem um temperamento afável e senso estético. Geralmente se torna famoso na carreira que optar. O único problema é que às vezes é inseguro no relacionamento amoroso, mas no final tudo sai bem. Pessoa muito querida por todos, é considerada extremamente sábia e justa. Osíris: o mais importante deus da mitologia egípcia, rei dos deuses, governou com justiça o Egito, mas seu irmão Set o assassinou. Isis conseguiu, com seus poderes mágicos, fazê-lo reviver. Depois da sua ressurreição, Osíris e Ísis geraram Hórus. Osíris é, portanto, o deus da renovação, de tudo que morre e volta a renascer, representando o eterno ciclo da vida. Características: seu sentimento é tremendamente forte e tem uma persistência fora do comum. Dotado de grande energia, consegue resistir a todas as dificuldades e sempre está disposto a lutar por aquilo que deseja. Ciumento e desconfiado, se não conseguir se controlar. Poderá terminar as relações de uma hora para outra sem dar explicações. Possuidor de muita intuição, quando bem canalizada tem possibilidades de se tornar um excelente pesquisador ou médium. Hátor: considerada como uma grande sacerdotisa, é a deusa da música, da dança, dos prazeres e do amor. Ela se apresenta nas pinturas como uma vaca sagrada, uma mulher com a cabeça de vaca, uma rainha com orelhas de vaca ou com uma coroa composta de dois grandes chifres e um disco solar ao meio. É considerada também como a deusa da alegria, sendo representada com um chocalho na mão. Características: altamente amorosa, é sempre alegre e protege seus nascidos contra qualquer tipo de contrariedade. O nascido neste período tem imenso bom humor. Sente-se atraído por grandes idéias, gosta de mudanças e o que o deixa ansioso é a solidão. Ele é feito para o sucesso. Anúbis: guia dos mortos, sua função era a de acompanhá-los até sua última viagem para depois pesar suas almas na balança da verdade. Assim concedia seu veredicto para a salvação ou o castigo e ninguém escapava das suas sentenças. Guardião da deusa Ísis, foi ele quem proporcionou os medicamentos para a cura de Osíris. Características: o protegido de Anúbis é dotado de grande força de vontade, inteligência e paciência. Tem dons de cura e sabe conduzir seu destino. Fiel, seguro de si, não gosta que as pessoas invadam sua privacidade. Perseverante, econômico, ótimo administrador, tem o exato senso de justiça. Bastet: uma das esposas do deus Rá, era representada como uma gata e por isso foi muito admirada por seu vigor e agilidade. Nas pinturas, aparecia como uma mulher com a cabeça de uma felina com um chocalho na mão, carregando um cesto, que defendia seu marido contra as serpentes malignas. Características: seu protegido é uma pessoa bondosa, cordial e sempre está disposta a proteger os outros. Bastante independente, assim como um felino, preza sua liberdade e faz apenas o que tem vontade. Divertido, atraente, sedutor, tem dons para a arte, cinema e teatro. Às vezes, se mostra um pouco rebelde, até mesmo excêntrico para os outros. Taueret: a sua representação é uma fêmea de um hipopótamo, considerada como a protetora das mulheres grávidas, dos nascimentos e dos que podiam renascer dos reinos dos mortos. A lenda dizia que quando ela afundava nas águas do Nilo, estas subiam e, assim, suas margens se tornavam cultiváveis, trazendo abundância nas colheitas. É simbolizada com seios de mulher, patas de leoa e cauda de crocodilo. Características: seu protegido tende a ter muita intuição e geralmente gosta de assuntos relacionados à área de esoterismo, ocultismo, astrologia etc. Tem grande capacidade de entendimento e geralmente sua vida é destinada a ajudar a família e o próximo. Tudo em sua vida é muito bem planejado e aproveitado; além disso, garante o bem dos mais próximos. Sekhmet: deusa da guerra, destruía os inimigos de Rá. Muito poderosa, é representada como uma mulher com cabeça de leão portando uma coroa com um disco solar. Características: os protegidos da deusa Sekhmet tem grande vitalidade e força física. É dotada de muito magnetismo pessoal, além de força física. Tem muito senso de organização, dinamismo e sempre está envolvido em empreendimentos ousados. Não tem medo de nada. A única coisa que deve tomar cuidado é com o impulso descontrolado de resolver tudo rapidamente nos assuntos amorosos. Ptah: deus da fertilidade masculina, era considerado como o grande mago construtor das belas-artes e dos artistas. Era chamado também de O Grande Construtor ou o Divino Artesão. Em sua forma animal, era um boi preto com uma mancha triangular branca na testa e tinha a função oracular; era associado ao boi Ápis. Características: o protegido de Ptah tem um forte temperamento, é perseverante e geralmente desenvolve talentos na arte e tudo que o que se relaciona a construção, arquitetura e a engenharia. A felicidade para os nascidos neste período deve estar associada também ao conhecimento da espiritualidade, caso contrário pode viver em uma eterna insatisfação. É bastante exigente no que diz respeito ao amor. Tot: representado como um homem com a cabeça de íbis, a ave sagrada, é considerado como o criador da fala e o inventor da escrita. Também é o deus do tempo, das medidas e de todas as ciências. Características: com grande capacidade de comunicação e inteligência rápida, seu protegido tem uma natureza ágil, nervosa e está mudando constantemente. Não consegue ficar parado. Sempre inventa coisas para fazer, dizer ou adapta-se aquilo que sua inteligência ainda não dominou; adora a arte da superação. Isis: teve um lugar privilegiado no panteão egípcio, pois se casou com Osíris e teve com ele um filho, Hórus. Características: dotado de grande sensibilidade e muita imaginação, o nascido neste período tem um forte instinto paterno ou materno e está sempre pronto a socorrer os necessitados. Seu protegido é fiel e compreensivo com todos. Gosta da vida doméstica e é bastante sentimental. Também é bastante gentil.